O que é o Pilates Funcional?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

O Pilates traz importantes benefícios para a vida de quem o pratica, tais como melhor na postura, flexibilidade e resistência. No entanto, nos últimos tempos a tendência do pilates funcional invadiu as academias, o que fez muitos praticantes procurarem entender a diferença deste para o tradicional. Na verdade, eles são parecidos, o que muda é ao tipo de intensidade, que foca na melhoria do condicionamento cardiovascular.  Tudo isso por que o Pilates exige movimentos ritmados o que acaba por aumentar a frequência cardíaca do praticante. Ela pode ser feita com ou sem aparelhos, mas o que contribui diretamente para a manutenção do batimento cardíaco. Para intensificar ainda mais o pilates funcional, a dica é e mesclar a prática do mesmo com outros exercícios, como a musculação por exemplo.

Vale ressaltar que o Pilates Tradicional não pode ser considerado um exercício aeróbio, visto que não possui intensidade nos movimentos que são capazes de alterar a frequência cardíaca. O Pilates é uma modalidade que coloca o equilíbrio a prova, já que trabalha muito bem esse lado.  Tanto o Funcional como o Tradicional são indicados para atletas que necessitem do equilíbrio para um melhor desempenho de suas funções, como no caso de dos ginastas e praticantes de artes marciais.

A correção postural também é algo muito facilmente encontrada para quem pratica Pilates. Ambos os métodos visam buscar a postura correta na realização dos movimentos.  Vale lembrar que para qualquer movimento que lhe seja solicitado, sempre haverá um instrutor pronto para lhe ajudar. Mas como já dizemos o Pilates Funcional é mais ritmado e dessa forma, e por isso as correções posturais são menos exigidas. É bacana expor a necessidade de conversar com um especialista sua vontade de começar o Pilates, para entender suas limitações e outras questões.

 


Deixe seu Comentário.


Comentário