5 Dicas para os iniciantes no pilates

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Pilates

Começar uma atividade física sempre traz diversos desafios: dificuldades nos exercícios, falta de hábito, objetivos grandes demais, etc. Pensando nisso, hoje temos 5 dicas para iniciantes no pilates começarem com o pé direito.

Confira!

1. Tenha objetivos realistas

Antes de procurar uma aula de pilates em Brasília, pense em seus objetivos com relação a essa atividade. Você quer emagrecer? Fortalecer seus músculos? Melhorar a postura? Ou simplesmente criar o hábito de se exercitar?

Seja qual for seu objetivo, seja realista. Você não vai emagrecer dez quilos no primeiro mês, nem conseguir fazer todos os exercícios com facilidade na primeira aula. Comece aos poucos, um passo de cada vez, e observe seu progresso diário.

2. Faça uma aula experimental

Muitas pessoas que querem fazer pilates, por exemplo, não sabem nada sobre a prática e não conhecem nenhum estúdio. Procure por indicações de bons instrutores perto de onde você mora e marque uma aula experimental. Assim, você tira suas dúvidas e descobre se gosta ou não dos exercícios.

3. Seja paciente

Sentir desconfortos, ter dificuldades, não ver resultados rápidos ou imediatos – tudo isso é normal quando se começa a praticar uma atividade física. Não desista por causa disso! Seja paciente para melhorar cada vez mais e atingir seus objetivos.

4. Faça os exercícios com calma

Quem já fez aula de pilates na Asa Norte sabe que, nessa atividade, nada deve ser feito com pressa. Preste atenção na sua postura, na respiração, nos músculos que estão sendo trabalhados. Mantenha o foco no exercício e não se apresse.

5. Tenha disciplina

Quem está começando a praticar uma atividade física, muitas vezes, tem dificuldades de continuar porque não para de dar desculpas. Seja disciplinado: coloque suas aulas como prioridade para transformar o pilates em um hábito.

Está procurando um estúdio de pilates na Asa Norte? Venha conhecer a Viva Uno Pilates!


Deixe seu Comentário.


Comentário