Quem não pode fazer o pilates?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Sem dúvidas, o Pilates é uma das atividades mais democráticas do mercado. Hoje existem diversos estúdios e cada uma segue um padrão ou uma orientação para com seus clientes. Estima-se que no Brasil há cerca de 35 mil studios voltados de maneira direta para os exercícios de pilates que nada mais é do que um conjunto de exercícios criados pelo alemão Joseph Pilates em 1920. Só no Brasil, já existem métodos incríveis de pilates e, neste contexto, um dos melhores é o que está associado ao treinamento funcional. Este tipo de pilates garante aos que praticam o ganho de massa magra com muita rapidez. No entanto, existem algumas pessoas que podem estar restritas as atividades.

Diabetes

Se você possui diabetes, deve avisar ao instrutor imediatamente para que ele cuide com a intensidade e o tipo de exercício que vai indicar. O Pilates em si não tem muito levantamento de peso, mas o fisioterapeuta ou educador físico ficará atento ao peso do seu corpo e das molas para que o exercício não ultrapasse os limites do aluno.

Hérnia

Alguns tipo de hérnia, com a de hiato precisa de atenção nos movimentos que usam muito a musculatura do abdômen, como os abdominais. Do contrário, alguns movimentos podem causar refluxo.

Hipertensos

Hipertensão precisa ser monitorada pelo instrutor, já que alguns movimentos podem causar picos de pressão, principalmente se realizados segurando a respiração.

Condromalácia patelar

Quem possui condromalácia patelar deve prestar atenção. O Pilates acaba se tornando um ótimo aliado do tratamento, mas é preciso que o instrutor conheça o problema a fundo para conseguir  adaptar os exercícios de forma que não prejudique o aluno ou o faça sentir dores.

Você com aluno, não deixe de informar o instrutor sobre suas limitações e lembre-se de sempre informar o instrutor das suas limitações, dores e doenças diagnosticadas, inclusive as não ortopédicas.


Deixe seu Comentário.


Comentário